https://www.poetris.com/
Letras de Música : 

Garganta do mundo

 
Tags:  destruição    garganta    extinção.  
 
Garganta do Mundo

A garganta do mundo está ressecada, que sede danada que fome sem fim
É cobra engolindo a serpente esfomeada é faca afiada nas mãos do Caim
É o ciclo do mundo olhando pro lodo em cima do globo equilibra e não cai
O resto parece criança acanhada que vive entre lada na sombra do pai.

Poder e ganância assim se agigantam e a enorme garganta só quer engolir
E o pobre caminha sem ter horizonte enquanto o gigante só pensa em subir.

E lá na floresta o dinheiro inteirando, vai tudo tombando sem vida no chão
Vai a moto-serra matando o gigante na guerra constante da devastação
Fumaça e queimada que tudo destrói, abala e corroi a estufa espacial
E a garça e as aves cantando em coro pedindo socorro pro seu pantanal.

Poder e ganância assim se agigantam e a enorme garganta só quer engolir
E o pobre caminha sem ter horizonte enquanto o gigante só pensa em subir.

Baleia azulada nos mares profundos percorre outros mundos por baixo do chão
E o homem a persegue fazendo caçada traz ela espetada na ponta do arpão
E o que me preocupa nessa humanidade é a grande maldade sem ter coração
O homem avançando vai se destruindo e tudo seguindo para a extinção.

Composição: - Caetano Elba e Tião do Carro.

jmd/Maringá, 26.07.17


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
71
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/08/2017 12:19  Atualizado: 02/08/2017 12:19
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28255
 Re: Garganta do mundo
São coisa verdadeira que se traduzem em plena realidade. A devastação poucos vai destruindo tudo.fauna flora, o ambiente do próprio homem