https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Meu Amor

 
Tags:  amor    romance  
 
Enquanto no céu houver estrela,
eu hei de na relva, á noitinha,
esquecer todo o meu cansaço,
deitado sutilmente em teu peito,
esquecerei todos os contratempos,
e no meio de toda esta quietude,
ouviremos um silêncio tagarela.

Enquanto no céu houver estrela,
eu tentarei escrever amiúde,
um belo poema para tua pessoa,
enquanto teu sorriso só ressoa,
uma felicidade simples, discreta,
evidenciando uma verdade secreta,
um novo e belo laço a se atar.

Enquanto no céu houver estrela,
e nas plantas houver orvalho,
retirarei todo o piqualho,
e nos restos, restará voce,
e todos teus beijos deleitosos,
e teus significados laboriosos,
que em toda a complexidade,
eu ainda busco entender.


Rafael Carneiro


 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
365
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/09/2017 11:46  Atualizado: 26/09/2017 11:46
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: Meu Amor
Um poema que traduz os mais belos efeitos de um planto amor sentido por um coração apaixonado