https://www.poetris.com/
 
Contos : 

O retorno

 
Tags:  sonho    surreal    devaneios  
 
Ela acordou atônita pois nunca havia
Sonhado daquela maneira.
O passado veio atormentá-la,
Mas parecia um pesadelo; seu coração
Sincero estava ofegante como antes...
Como naquele dia que teve que decidir
Pela razão, quando não houve compreensão!
Estava sonhando com uma antiga paquera...
Nada além disso: Sequer um beijo,
- Ela havia desistido antes -, ele era comprometido
Fugia aos seus princípios se relacionar
Com alguém naquela condição.
Naquela noite, sonhou com ele.
- Ele em silêncio a olhava sem dizer nada;
Demonstrava uma expressão séria, meio que.
Que ’me dera? Estou passando por esta vida
De desilusões... E não vivi um dos meus sonhos.
- Ele estava bem vestido num terno preto!
- Ela chegou perto dele pôs suas mãos com receio
Na sua gravata no intento de arrumar.
Mas ele fez pouco caso!
Em silêncio permaneceu retirando-se em seguida.
Partindo dali sem falar, sem externar um carinho;
Com um olhar vago e triste a olhava,
- Ela continuou olhando sua partida perdida...
No seu vaguear lúgubre, com um nó na garganta.
No seu pensamento: O que será? Por quê?
Àquela visita repentina, sem dizer nada!
Seria um presságio? Teria algo para revelar?
Todavia, a magoa de passada era de um outono
E / ou de uma primavera foi mais forte!
Deixando – á sem norte. E ao olhar para aquela
Realidade encheu-se de tristeza incerteza,
Sabia do sentimento dele, mas não podia...!
Deveria ter pedido perdão.
Quando pensou em o fazer, gritar! Acordou.
Quem poderia retornar para dentro de um sonho?


19/9/17
Mary Jun


Mary Jun

 
Autor
Maryjun
Autor
 
Texto
Data
Leituras
274
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
8
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 02/10/2017 14:09  Atualizado: 02/10/2017 14:09
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1334
 Re: O retorno
Um conto triste, de quem sonha apenas ,sem realizar, Belo
Bjs


Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 02/10/2017 19:18  Atualizado: 02/10/2017 19:18
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6490
 Re: O retorno
Contos assim, mexem n'alma de quem ama. E tanto mexeu na minha.

Adorei, parabéns Mary.

Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 03/10/2017 04:35  Atualizado: 03/10/2017 04:35
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9304
 Re: O retorno
Boa noite Mary, teus versos nos evidenciam que muitas vezes vivemos intensas realidades em calorosos sonhos, não obstante também vivemos pesadelos inesquecíveis também nesta senda onírica, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 03/10/2017 04:35  Atualizado: 03/10/2017 04:35
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9304
 Re: O retorno
Boa noite Mary, teus versos nos evidenciam que muitas vezes vivemos intensas realidades em calorosos sonhos, não obstante também vivemos pesadelos inesquecíveis também nesta senda onírica, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.