https://www.poetris.com/
Poemas : 

Música sem música

 
Maldição do meio dia,
Do Sol mais que escaldante,
Perturbando a minha paz
E esse suor descendo,
Com o gosto de cerveja ruim
Que bebi obrigado noite passada

Ouço bêbados cantarolando no bar,
Não muito longe daqui
Faça Sol, ou faça chuva,
Dali não saem, dali ninguém os tira
Altíssimo, de-me poderes para resistir
Ou ódio suficiente, para destruir este festival de música ruim

Infortúnios, profanações de notas músicais
Beethoven chora em seu tumulo
E amaldiçoa a humanidade com voracidade
Qualquer letra sem sentido acompanhada de um ritmo batido
É arte, eles dizem, é arte
A destruição do que é belo e o culto a esse processo

Mas, ainda bem
Que a destruição não concebe,
E que esses solos de guitarra nunca perderão sua majestade
O metal nunca perecerá, e rock jamais será esquecido
Salvam-me da fúria quando estou ensandecido
Salvam-me da escuridão quando estou no vazio

 
Autor
neon
Autor
 
Texto
Data
Leituras
139
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.