https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

O Infinito dos Sonhos

 
Open in new window
O Infinito dos Sonhos

Em uma noite eu sonhei com o infinito
eu vi as cordas estelares de cetim
era tanta maravilha que dei um grito
porque milhares de estrelas caiam em mim

o céu era cinzento de um azul inescrito
a lua espantava com seu brilho de marfim
haviam cometas que nunca esperei ter visto
como abelhas zuniam num florido jardim

Na madrugada eu acordei com teus carinhos
em nosso quarto chilreavam passarinhos
que cantavam saudando o amanhecer

ao meu lado o meu amor para mim sorria
nesta noite que foi de sonhos e alegria
e para sempre no infinito eu e você.

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/12/2017 12:35  Atualizado: 07/12/2017 12:35
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8723
 Re: O Infinito dos Sonhos
Bom dia Montalvan, teus versos enredam uma cena em que a vida se faz contemplativa, a diversas manifestação da natureza, parabéns pelo vosso envolvente poema, um abraço, MJ.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 15/12/2017 12:16  Atualizado: 15/12/2017 12:16
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28255
 Re: O Infinito dos Sonhos
Sonhos que pluraliza aquele momentos que esta nas imaginação, onde os sentidos se proliferam,..poema lindo