https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

HOMENAGEM

 

Tocou a sirene no quartel
Lá fora a floresta ardia
Como uma folha de papel
Ardia o arvoredo e eles
Eles avançaram sem medo

Com um calor infernal
Nas chamas descontroladas
Numa luta desigual
Suas vidas foram levadas

Mata, casas e pinheiros
Arderam até á raiz
MORRERAM HEROIS BOMBEIROS
A defender o país

Tinham casas, tinham filhos
Tinham pais, tinham avós
Porque são sempre os primeiros
A dar a vida por nós

Do chefe ao comandante
Ao soldado mais audaz
A vida segue em frente
E aos bombeiros que morreram
Que descansem no CÉU EM PAZ





Este poema foi escrito por: Paulo Silva
Em homenagem aos bombeiros de todo o país
Falecidos nos incêndios de 2005

 
Autor
Paulo Silva
 
Texto
Data
Leituras
3880
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.