https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 »
Offline
Paulo Silva
QUEM SOMOS
E PORQUE HOJE É O DIA MUNDIAL DA POESIA AQUI FICA O MEU CONTRIBUTO. Poetas O que somos nós Seres...
Enviado por Paulo Silva
em 21/03/2011 00:49:39
Offline
Paulo Silva
O MEU NATAL É DOS POBRES
Dos berços fofos de linho Aos ninhos de palha podre Onde houver uma criança Aí será o meu natal ...
Enviado por Paulo Silva
em 21/12/2010 22:08:43
Offline
Paulo Silva
FOI ASSIM
Durante toda a minha ainda curta existência Muitas pessoas passaram na minha vida Homens, mulher...
Enviado por Paulo Silva
em 16/12/2010 13:22:15
Offline
Paulo Silva
UM NATAL TRISTE
Natal Estou farto e cansado do natal Afinal eu existo de Janeiro a Dezembro Isto é o que eu me le...
Enviado por Paulo Silva
em 08/12/2010 15:55:12
Offline
Paulo Silva
UM CONTO DE NATAL
Estava uma noite fria, os vidros das janelas estavam baços Do calor que se fazia sentir no int...
Enviado por Paulo Silva
em 03/12/2010 21:50:54
Offline
Paulo Silva
VIDAS PERDIDAS
A madrugada começou fria e gélida Pelas ruas são cada vez mais Aqueles que fazem das estrelas o ...
Enviado por Paulo Silva
em 27/11/2010 13:38:06
Offline
Paulo Silva
OS POBRES
Num país que já foi rico Onde imperou realeza Só não há quem nos explique Como chegou á pobreza E...
Enviado por Paulo Silva
em 26/11/2010 21:11:50
Offline
Paulo Silva
O POMBO DA PRAÇA
Hoje apetecia-me dar um passeio pela cidade E pela praça do Geraldo andei a pé Parei bem no cent...
Enviado por Paulo Silva
em 26/11/2010 21:10:11
Offline
Paulo Silva
ESTE MEU PAÍS
Vejo ao longe a multidão Neste mundo onde paira a solidão Medo e angústia Faminta de amor e compr...
Enviado por Paulo Silva
em 15/11/2010 17:57:49
Offline
Paulo Silva
FOLHA DE OUTONO
No grito das águas Onde as lágrimas caem Levadas pelo vento e sem tempo Vem, fica, não partas Eu ...
Enviado por Paulo Silva
em 15/11/2010 17:56:24
Offline
Paulo Silva
A RAZÃO DA SAUDADE
Hoje já nada sei Nas ruas por onde caminhei Não me recordo o que plantei Se as saudades presen...
Enviado por Paulo Silva
em 01/11/2010 22:56:25
Offline
Paulo Silva
TALVEZ UM DIA
Que posso eu fazer Que não seja um poema de gritos Um poema de medo Cheio de vergonha No rubor d...
Enviado por Paulo Silva
em 01/11/2010 22:53:26
Offline
Paulo Silva
O QUE É A VIDA
O que é a vida? A vida O que é a vida? Uma esperança perdida Um sonho que nunca mais tem fim Um ...
Enviado por Paulo Silva
em 31/10/2010 14:22:08
Offline
Paulo Silva
Carta de Amor
Hoje, resolvi perder algumas horas para te falar do meu amor. Aproveito estas horas cheias de nad...
Enviado por Paulo Silva
em 20/11/2009 05:48:00
Offline
Paulo Silva
O Paraíso
Procurei uma vez abrigo Lá no monte num rochedo Sentia o corpo ferido Por momentos tive medo Era...
Enviado por Paulo Silva
em 20/11/2009 05:42:23
Offline
Paulo Silva
ONDE ESTÁ O AMOR
Procuro sem encontrar Não sei onde está guardado O amor que então sonhei Parece não ter ficado ...
Enviado por Paulo Silva
em 23/08/2009 17:24:06
Offline
Paulo Silva
O STRESS DO DIA-A-DIA
Terras longínquas e distantes Viagens loucas constantes Num dia a dia a correr Deixamos para trás...
Enviado por Paulo Silva
em 23/08/2009 17:21:45
Offline
Paulo Silva
DESABAFO DO POETA
De que nos serve a nós poetas Ter momentos mais sensiveis Se a vida nos deixa marcas Muitas dela...
Enviado por Paulo Silva
em 29/07/2009 22:40:11
Offline
Paulo Silva
PARA A MINHA MÃE
Muitas palavras Poderia escrever sobre ti Mas de que servem elas Se não tiveres o meu amor O me...
Enviado por Paulo Silva
em 25/07/2009 17:56:08
Offline
Paulo Silva
A LINDA FLOR ESQUECIDA
Naquele lindo jardim Num cantinho bem escondida Existe uma bela flor Que por muitos é esquecida ...
Enviado por Paulo Silva
em 25/07/2009 16:53:15
(1) 2 3 4 »