https://www.poetris.com/
Poemas : 

A Última Poesia

 
Como os gatos a fugir da chuva,
A solidão é o meu abrigo.
Os pensamentos separam-se,
E viajam aos quatros cantos do planeta
Sem destinatário, confusos.
Ecoam na natureza os pesares.
Toda dor do mundo eu carrego
Em lágrimas derramadas
Em versos entristecidos.

 
Autor
FernandesAmorim
 
Texto
Data
Leituras
157
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.