https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Manso litoral

 

Chegou a doçura
nua da manhã

às colinas
do teu corpo
iluminadas

e a pele que te cobre
temporã
é cal feita de nuvem
acidulada

as pálpebras
levemente
quebradas

as pestanas
escuras
sobre as maçãs

são folhas de fogo
apaziguadas
refreando a luminosidade
de afãs

teus pulsos são poentes
caídos
na almofada de nenúfar
do teu lago

esse leito lascivo
de verão
tão dolente
como um ninho de afagos

tua boca pregada
num ponto sensual
em botão

lembra-me o íntimo
jardim
do teu hálito

que me fascina
e me tira
a razão
de repente

e retenho por um instante
a respiração

receando acordar teu sono
com o bombear fatal
do meu sangue fervendo

ansiando
arder de fome
pelo teu quente e manso
litoral

18/02/2018


 
Autor
Nininha
Autor
 
Texto
Data
Leituras
391
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
6
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/02/2018 15:47  Atualizado: 18/02/2018 15:47
 Re: Manso litoral
matei a saudade seus belos textos, parabéns.


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 18/02/2018 16:05  Atualizado: 18/02/2018 16:05
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15186
 Re: Manso litoral
E ainda diz que falta te falta inspiração. Imagino quando estiver inspirada. Sairá novo Axis Mundis. Beijos!


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 19/02/2018 11:39  Atualizado: 19/02/2018 11:39
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16301
 Re: Manso litoral
Nininha
Encantada! Gostei imenso!
Beijos!
Janna