https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Desilusão : 

Sem nome

 
Tags:  mundo    solta    DOE  
 


Minha dor não tem nome.
Simplesmente doe,
Tortura moi,
Na saudade que me consome.

Do que se foi, não tem volta,
Muito marcou, profundo,
Fecundou meu mundo,
Um grande nó que não se solta.

O peito estufa, suspira,
Respiração parece que some,
Nesta dor que não tem nome,
Neste corpo que não respira.

Nereida

 
Autor
nereida
Autor
 
Texto
Data
Leituras
263
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
8
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 01/03/2018 22:56  Atualizado: 01/03/2018 22:56
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Sem nome
É mesmo querida amiga, a saudade dói, dói muito!!

Meus parabéns por tão bom poema!!

Gostei muito!!

Um beijo.
Juan


Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 02/03/2018 09:16  Atualizado: 02/03/2018 09:16
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Sem nome
Consigo sentir dor reflectida nos seus versos.. que até em mim dói. As vezes as leis da vida já tão aprendidas não chegam para amenizar a dor. Trsitemente belo o seu poema. Levo comigo. Beijos.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/03/2018 10:27  Atualizado: 02/03/2018 10:27
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29136
 Re: Sem nome
Os desencanto da vida começa por ai, os sentidos nã rrspondem ao nosso sentimentos, os olhos grita esse dor insana


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 04/03/2018 20:06  Atualizado: 04/03/2018 20:06
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9215
 Re: Sem nome
Boa noite Nereida, teus versos enredam uma personagem tomada de sentimentos nefastos sem uma razão aparente de ser, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.