https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

[Contando sonhos]

 
Penso agora, quando já amanhece, em todos quartos em que dormi durante a minha vida. Talvez, não de todos, mas se eu pousar o espírito que tenta se desgarrar, vou me lembrar da maior parte deles.

Tortura-me o suave pensamento de que eu não consigo contar os sonhos que eu tive em cada quarto, assim como não sei do rol das batidas do meu coração.

Em tempo: já não penso em contar todas as batidas do meu coração, mas apenas em enumerar aquelas vezes em que ele bateu por alguém!
___________________
[Desterro, 23 de fevereiro de 2018 - 05h49]

 
Autor
CarlosStopa
 
Texto
Data
Leituras
396
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.