https://www.poetris.com/
 
Crónicas : 

O ROSTO DE CRISTO

 
Tags:  sonhos    paz    Jesus    história    bem    energia    cruz  
 


Sempre causou-me tristeza a contemplação do rosto de Jesus Cristo, que os artistas pintaram e esculpiram através dos séculos, pendendo de uma cruz.

Hoje, ao contemplar a imagem que muitos desprezam e que outros ainda consideram Sagrada, não vejo apenas o rosto de Cristo olhando-me com sofrimento resignado. Vejo rostos de Homens e Mulheres, Jovens e Crianças que sonham, lutam e sofrem neste planeta, cultuando um símbolo, uma imagem que reflete a própria História de cada um.

Aquela tristeza nos olhos de Cristo é a mesma tristeza do velhinho que se sente abandonado, é a angústia do adulto que luta em meio à insegurança de uma vida ditada pela insensibilidade, é a rebeldia do jovem que vê seus sonhos de paz se evaporando diante de uma realidade criada pela loucura, e, principalmente, é a dor de cada criança que vive e que morre, sem sonhos e sem amor.

Creio que é por causa desta Dor que o Rosto de Cristo chegou até o nosso Tempo. Se relermos a História Sagrada perceberemos que os milênios passados após Cristo, não modificaram em nada o enredo inicial:

- Diariamente, vemos crucificados o Amor, a Justiça, a Liberdade e a Paz. Sempre existirão alguns “Pilatos” lavando as mãos, alguns “Judas” que traem seus próprios irmãos, multidões cegas aderindo ao fanatismo, discriminando seus Semelhantes.

Porém, o rosto de Cristo, mais do que um Símbolo da Dor, é também, o Símbolo da Esperança. É a Energia que move os passos dos que sofrem e que, como ELE, seguem em frente, pedindo ao PAI que “perdoe aqueles que não sabem o que fazem”.

Cristo é O que ilumina a Vida dos que se dedicam ao Bem, sabendo que este é um Caminho árduo e sem glórias. Cristo é o Sorriso simples da Criança que ainda não aprendeu a julgar nem a condenar, é a Força do velhinho que sobrevive no desamparo afetivo e material, é a Garra do jovem que segue adiante, batalhando pela Vida, sem entregar-se à ilusão das drogas e da violência.

Cristo é a Presença constante que Deus ofereceu àqueles que desejam crer na Beleza e na Força da Espiritualidade Humana.

A Páscoa é a renovação dessa Fé nos corações.

O maior Presente, nesta Páscoa, além dos coelhinhos e dos doces, é o Amor e o Carinho que nos une uns aos outros. É a Mensagem de Cristo, que continua VIVA, graças a este amor e a este carinho, e, se quisermos, ela poderá alcançar as gerações futuras, como um Recado que não pode ser perdido e nem desviado, porque a Humanidade precisa desta LUZ para continuar o seu Caminho.

FELIZ PÁSCOA, para todos os que amam o Trabalho, a Vida e a Paz, e que sabem o que fazem.

Saleti Hartmann
Professora/Pedagoga e Poetisa
Cândido Godói-RS

 
Autor
SALETI HARTMANN
 
Texto
Data
Leituras
202
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.