https://www.poetris.com/
 
Contos : 

Avesso das Memórias

 
Open in new window


Avesso das Memórias
Por Betha Mendonça

I – Descoberta:

Não eram memórias: eram premonições! Aterrador que toda dor do corpo, mente, alma ou espírito não aconteceram! Eram visões do futuro, agora presente, tempo de grandes sofrimentos, em virtude de graves doenças que me acometem.

Os fantasmas de outrora, que me assombravam o interior, são sensações psicofísicas, baseadas em fatos reias. E pensei ter superado a fase da insana e suas sandices...

Era para ela ser uma criação. Personagem que inventei. Manipulei feito uma marionete, ao bel prazer da mão. Ideias e situações a que dei vida, para a minha distração e a dos leitores.

Ao que tudo indica nada foi criado. Parece soprado aos meus ouvidos, por uma ou mais entidades, sobre o que me sobreveria no futuro próximo.

Ora estou temerosa até onde essa associação de ideias irá levar-me. Deixarei que venham como as memórias, em capítulos, e, que os mesmos inspiradores ajudem-me a contá-los.

 
Autor
Betha Mendonça
 
Texto
Data
Leituras
230
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
12
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 23/04/2018 05:09  Atualizado: 23/04/2018 05:09
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2370
 Re: Avesso das Memórias
Oi Betha!
Sempre gostei de seus escritos, e esse nao
eh uma excecao! Voce tem a capacidade de
prender o leitor de uma forma gostosa, e ate
mesmo interessante!
Espero ler os proximos capitulos!

Abracos!

*Mary Fioratti*

PS: Gostei muito da sua foto do perfil!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 23/04/2018 20:14  Atualizado: 23/04/2018 20:14
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 14659
 Re: Avesso das Memórias
Estranhos e sinistros relatos. Bom te ver por aqui novamente, Betha. Bjs!


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 24/04/2018 18:39  Atualizado: 24/04/2018 18:39
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15702
 Re: Avesso das Memórias
Betha
Adoro contos! O começo está interessante! Continua!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 24/04/2018 20:51  Atualizado: 24/04/2018 20:51
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6086
 Re: Avesso das Memórias
Boa tarde, Betha,

Amo contos. Vez por outra arrisco!
Excelente construção poética.Saudades!

Beijos,
Mary Jun


Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 29/04/2018 10:45  Atualizado: 29/04/2018 15:20
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Setúbal-Azeitão, Portugal
Mensagens: 1450
 Re: Avesso das Memórias
Vou demonstrar que acontece o mesmo com os melhores , ora veja
nas palavras de um mestre :

A divinização da Saudade. Pascoaes está criando maiores coisas, talvez, do que ele próprio mede e julga. A alma lusitana está grávida de divino.
É Bandarra um nome colectivo, e designa, não um só homem, o primeiro português que teve a visão profética dos destinos do país, senão também aqueles outros, que se lhe seguiram, e que, servindo se do seu tipo de visão e da sua forma literária, buscaram legitimamente o anonimato designando as suas trovas como sendo do Bandarra também. A identidade do tema, a semelhança dos processos, proféticos como literários, a perfeita continuidade espiritual dos sequazes com aquele a quem seguiram, justificam que aceitemos, para a simplicidade da alusão, a designação “Bandarra” como distintiva do autor destas profecias.

Creio na existência de mundos superiores ao nosso e de habitantes desses mundos, em experiências de diversos graus de espiritualidade, subtilizando até se chegar a um Ente Supremo, que presumivelmente criou este mundo. Pode ser que haja outros Entes, igualmente Supremos, que hajam criado outros universos, e que esses universos coexistam com o nosso, interpenetradamente ou não. Por estas razões, e ainda outras, a Ordem Extrema do Ocultismo, ou seja, a Maçonaria, evita (excepto a Maçonaria anglo-saxónica) a expressão «Deus», dadas as suas implicações teológicas e populares, e prefere dizer «Grande Arquitecto do Universo», expressão que deixa em branco o problema de se Ele é criador, ou simples Governador do mundo. Dadas estas escalas de seres, não creio na comunicação directa com Deus, mas, segundo a nossa afinação espiritual, poderemos ir comunicando com seres cada vez mais altos. Há três caminhos para o oculto: o caminho mágico (incluindo práticas como as do espiritismo, intelectualmente ao nível da bruxaria, que é magia também), caminho místico, que não tem propriamente perigos, mas é incerto e lento; e o que se chama o caminho alquímico, o mais difícil e o mais perfeiro de todos, porque envolve uma transmutação da própria personalidade que a prepara, sem grandes riscos, antes com defesas que os outros caminhos não têm. Quanto a «iniciação» ou não, posso dizer-lhe só isto, que não sei se responde à sua pergunta: não pertenço a Ordem Iniciática nenhuma. A citação, epígrafe ao meu poema Eros e Psique, de um trecho (traduzido, pois o Ritual é em latim) do Ritual do Terceiro Grau da Ordem Templária de Portugal, indica simplesmente — o que é facto — que me foi permitido folhear os Rituais dos três primeiros graus dessa Ordem, extinta, ou em dormência desde cerca de 1881. Se não estivesse em dormência, eu não citaria o trecho do Ritual, pois se não devem citar (indicando a ordem) trechos de Rituais que estão em trabalho.


F.P.
Open in new window



Teixeira de Pascoaes
(Sem poesia não há humanidade)


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/05/2018 20:33  Atualizado: 05/05/2018 20:33
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28957
 Re: Avesso das Memórias
Teus poema são sucumbidos por sentido que vem dos ventos trazido pelo tempo elevado os sentimentos atraídos pelos olhos poeticamente. Maravilhoso poema