https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Vereda da vida

 
Tags:  mundo    falsidade    maldade    fera  
 
Open in new window

Vereda da vida

Quando entramos na vida, na crescente
Tudo é bom, tudo é lindo e tudo é singelo
Mesmo que estamos ainda dependentes
O mundo parece doce como um caramelo

Mas quando entramos na segunda idade
A realidade se apresenta já mais escura
Se nos homens conhecemos a maldade
E confiamos, desconfiando nessa altura

Na terceira idade a incerteza fica maior
E a falsidade aí nós conhecemos decor
Aí nós não temos certeza de quase nada

E acontece de onde a gente menos espera
Somos golpeados como na caça pela fera
Como a vovozinha pelo neto é assaltada.

jmd/Maringá, 11.06.18


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
35
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.