https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

ENXURRADA

 
ENXURRADA
 
ENXURRADA
(Jairo Nunes Bezerra)

Nesta noite escura chove torrencialmente,
E as suas águas fogem pelos esgotos...
A tristeza que mais aumenta invade a gente,
E pressionados convivemos com o sufoco!

As estrelas desapareceram,
O luar nem sequer liberou a sua luz azulada...
Dos jardins as vivazes rosas pereceram,
Ante a frieza desordenada!

Meus poemas ficaram sem continuidade,
Perderam a sua originalidade,
E versos foram espalhados pelos ventos!

Fico sem ação, imobilizado pelo tempo,
Muitos são os contratempos,
Sem avanços, a passos lentos!


 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
197
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.