https://www.poetris.com/
Poemas : 

FIM DO MUNDO

 
FIM DO MUNDO

"O fim do mundo fica logo ali
Na esquina do meu quarto
Onde me afogo entre travesseiros...
A noite se torna uma tortura de sons e silêncios
E o sono se esconde entre farrapos de memórias...
O fim do mundo fica logo ali no canto escuro do corredor.
Lamento a insônia e ligo o computador...
Toda essa tecnologia não salvará o mundo...
O seu fim fica logo ali na rachadura do asfalto...
Uma tímida luz assusta a noite...
O Sol é a pílula do dia seguinte
Com gosto de ressaca..." (Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
100
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.