https://www.poetris.com/
 
Textos : 

O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO

 

Passando na mesma rua
em horários diferentes
avistei a musa intrusa
que me fez enfeitiçado
um desejo me acendeu
disparou meu coração
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

me senti enamorado
da mulher que nem conheço
um pouco atrapalhado
quase tive um tropeço
ela me surpreendeu
e sacudiu o meu condão
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

Em direções antagônicas
nossas vidas continuam
ela é muito irônica
mas divide a mesma rua
quando dia amanheceu
me desfez a confusão
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

namoramos a pessoas
que não foram adequadas
e mesmo sendo casados
nos sobravam atenções
um dia eu me separei
e ela me copiou então
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

depois de desimpedido
um dia fui comprar pão
ela também sem marido
tinha a mesma intenção
como tudo aconteceu
parece uma armação
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

no balção pedi um sonho
ela disse o sonho é meu
o padeiro se rendeu
disse a moça tem rasão
porem se comprometeu
a me asar outro sonho
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

depois desta confusão
saímos da padaria
com um sorriso na boca
mas uma melancolia
e esta logo nos rendeu
sem muita exultação
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

um de nós se atrapalhou
na escolha da direção
caminhamos alguns metros
começão a discussão
porque você escolheu
justamente o meu sonho
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

respondi eu não sabia
que tinhas encomendado
aquele sonho assado
talvez pudesse ser meu
ao saber que era seu
rapidamente abri mão
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

Por fim ela disse basta
junta meu sonho ao teu
e mum horário marcado
vamos matar os desejos
comemorando com beijos
nossa acordada união
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.


Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 22/08/2018
Reeditado em 28/08/2018
Código do texto: T6426863
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
301
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
5
5
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 31/08/2018 22:08  Atualizado: 31/08/2018 22:08
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO
Boa noite Miguel,
Belo texto em que os sonhos se ligaram de comer e de viver, em que esse "olhar pidão" ganhou no final. Bonita história. Gostei! Um abraço.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 31/08/2018 22:22  Atualizado: 31/08/2018 22:22
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16052
 Re: O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO
Miguel
Quem resiste a um olhar pidão? Adorei o desfecho desse encontro!
Parabéns!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 01/09/2018 02:56  Atualizado: 01/09/2018 02:56
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6505
 Re: O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO
Boa noite, Miguel,

Quanta maestria
Neste conjunto. Parabéns, feliz sábado.

Um abraço,
Mary Jun

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 02/09/2018 22:18  Atualizado: 02/09/2018 22:18
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2721
 Re: O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO

Entre os encontros e desencontros
nasce num olhar, um amor, uma vida
um sonho, um beijo

um poético sentimento onde o pão se torna
central numa direcção irónica
num desencontrado encontrado poema


um abraço Migueljaco

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/09/2018 20:17  Atualizado: 03/09/2018 20:17
 Re: O MEU OLHAR SE RENDEU, A ESTE TEU OLHAR PIDÃO
Oi, poeta Miguel.
Você encanta nossos corações com teu romantismo.
Amei a poesia.

E essa parte aqui:
"Por fim ela disse basta
junta meu sonho ao teu
e mum horário marcado
vamos matar os desejos
comemorando com beijos
nossa acordada união
O meu olhar se rendeu
A este teu olhar pidão.

Lindo de viver.
Beijos com carinho no teu ♥