https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

PASSOS QUE NOS VIGIAM

 
Balança um vestido vermelho no meu quintal
tem cheiro de meia velha
tem cheiro de alianças quebradas
tem cheiro forte de um nada.

Ainda balança e reluz na minha mente
Um quadro azul sem mangas e forte
De um ontem na rua de nossas infâncias

Amores de brincadeiras que se envelheceram
Na minha mente ainda mora o seu cheiro
Guardo gotas do seu suor medroso

Ainda ouço na minha pele seus desejos
Irrigo todos os dias seus doces beijos
Saudade da varanda e dos passos de seus pais,

nos vigiando!


José Veríssimo

 
Autor
veríssimo
 
Texto
Data
Leituras
124
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.