https://www.poetris.com/
Poemas -> Fantasia : 

Sonhador

 
Aninhava-se nos braços do sonho
e sentia-se viajar pelo infinito...
de um passado feliz via o futuro risonho
voando nas asas do tempo que sabe finito
soprado por vezes por algum vento medonho,
mas o seu anseio garantia um voo sem conflito,
mesmo que nuvens tivessem sorriso tristonho
voava no dorso da ilusão imaginando-se erudito

José Carlos Moutinho
17/12/18

Decreto-Lei, nº 63/85
dos direitos do autor

 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
121
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.