https://www.poetris.com/
Poemas : 

Devotado as minhas dúvidas

 
Onde o diabo colocou o inferno
Senão no fardo de uma consciência pesada?
Onde está a consciência de ser
Senão na sutileza de uma alma atravessada?

Onde está a essência do pecado
Senão na natureza humana?
Onde está toda a razão
Senão nessa incoerência profana?

"Mas, me permito errar sempre que necessário
Sem medo do agora,
Escrevo meu próprio cântico do calvário
(Deixei meu ateísmo lá fora)"

Quem dera eu soubesse todas as respostas
E pudesse aqui transcrevê-las
Garanto que todos me virariam as costas
Por medo de conhecê-las

Mas do mundo não sei nada
E o mundo não sabe nada de mim
Eu tenho medo de começar
Pro começo não chegar no fim.


Jeferson

 
Autor
Jdcc1
Autor
 
Texto
Data
Leituras
169
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 20/12/2018 15:11  Atualizado: 20/12/2018 15:11
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Devotado as minhas dúvidas
.. devoto ás dúvidas, mas para se puder viver, temos de ignorar algumas perguntas que não tem resposta. Gostei do poema na essência da mensagem que transmite. Filósofo e original. Abraço!