https://www.poetris.com/
Artigos : 

FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA

 
Tags:  Resenhados  
 
FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA

Sim, às vezes é preciso dizer o óbvio. É preciso escrever com todas as letras: FASCISTA. Digam o que disserem, não somos obrigados a deixar que o ódio puro e simples nos governe, embora entenda que muitos estejam dispostos a abrir mão de suas liberdades ou fazer vista grossa para o ataque a minorias. Também entendo que alguns considerem esse extremismo que tantos elegem seja um mal necessário para que tenhamos uma ordem social que permita às pessoas trabalhar em paz. Ainda assim, é preciso reconhecer que a justiça exercida com as próprias mãos não é justiça, sim vingança. Por mais decepcionante que a Polícia e o Judiciário possam parecer, agir sem mandado do povo, ou seja, regulado por regras e processos, é o primeiro passo para a generalização da violência e da barbárie.

No final das contas, o desejo de justiça tão louvável das pessoas será usado como opressão contra elas mesmas.

Estes que pretendem nos governar alçados ao poder por uma maioria revoltada mas superficial, não terão limites mesmo quando os factos, a verdade e o bom senso os desmentirem. Reescrevam os livros de História e queimem os de Filosofia! -- exortam eles -- reduzam os códigos Civil e Penal ao obscurantismo biblista!... -- e, sobretudo -- a arma nas mãos de homens de bem a julgar o certo e o errado e, afinal, decidir a vida e a morte...

Focinho de porco não é tomada. Não, fascistas não são melhores que os narcotraficantes que dizem pretender exterminar. O que fascistas de facto costumam exterminar são as vozes que lhes contestam e ainda as minorias pacíficas e incompreendidas -- como eram os judeus na Alemanha de Hitler -- como o hoje candidato majoritário à presidência de nossa República promete fazer com a militância LGBT. Ex-militar não é herói. Polícia que atira para matar, também não. Leis que oprimem minorias são imorais e, civilmente, precisam ser desobedecidas.

O país que eu quero, por mais piegas que isso seja, é um país guiado pela tolerância, não pelo ódio.

Agora, de consciência limpa, eu vou votar.


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
170
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
42 pontos
12
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 07/10/2018 19:42  Atualizado: 07/10/2018 19:42
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15632
 Re: FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA
Ricardo
Que belo texto! Concordo plenamente! Aplausos!
Favoritei!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Jdcc1
Publicado: 07/10/2018 20:44  Atualizado: 07/10/2018 20:44
Colaborador
Usuário desde: 17/10/2017
Localidade:
Mensagens: 629
 Re: FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA
👏👏👏👏

Simplesmente isso...



Enviado por Tópico
poetizando
Publicado: 07/10/2018 23:51  Atualizado: 07/10/2018 23:51
Participativo
Usuário desde: 12/12/2013
Localidade:
Mensagens: 44
 Re: FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA
Belíssimo e consciente seu texto, nobre colega. a atual intolerância e fanatismo me assusta, por onde anda o bom senso e a inteligencia de nosso povo?. Parabéns pelo escrito!!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 08/10/2018 00:04  Atualizado: 08/10/2018 00:04
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 14564
 Re: FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA
Disse tudo, Ricardo. Não pensem eles que não estamos dispostos a lutar contra tudo isso caso cheguem ao poder. "O povo que não conhece a sua História está condenado a repeti-la." Não aceitaremos inertes. Vai ter luta!


Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 08/10/2018 13:12  Atualizado: 08/10/2018 13:12
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2555
 Re: FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA
Concordo plenamente o que hoje domina no Brasil é o ódio, o machismo, o desrespeito às minorias, aos idosos. A internet virou terra de ninguém. Há desrespeito total com a verdade. A mentira impera. Será que não estamos no apocalipse, se é que existe?