https://www.poetris.com/
Textos -> Outros : 

Diários de oficina & de pensão - XXII

 
DIARIOS DE OFICINA & DE PENSÃO - XXII

Terça-feira, 4 de dezembro

Os pombos famintos bicavam raivosamente os sacos de lixos amontoados próximo a calçada da Praça das Sete palmeiras. A dorzinha de barriga depois do café, fora a enjoada da bursite no ombro direito que nem posso movimentar. Seu Obina deu vinte reais a uma mocinha branquinha e bem simpática acompanhada com seu filhote. Como diz o benemérito prof Eusabio "um courinho novo". Cortei e soldei os pedaços da forma de bloquete do mestre Janos, amanhã farei os acabamentos finais.
Antes que o temporal desabasse sobre toda a Vila Embratel chegaram Gordinho e depois o serralheiro Aguinaldo, este veio apanhar uns pedaços de ferros para fazer uns ferrolhos. Quando a chuva cessou, apareceu Seu Cesar Bude vindo da Lan-house do mercado, disse-me que se diverte muito lendo os textos no face e por ultimo Claridio e suas fantásticas novidades a respeito de tudo. Gordinho bateu em retirada silenciosamente e o atleta Wood surgiu - então o papo foi somente futebol.
- Parceiro, teu carro tá cheio - Advertia seu Cesar Bude ao parceiro rapaz Tiago, quando era betoneiro numa construção e o menino ficava zapeando e atrapalhava os outros e os pedreiros ficavam zangados e reclamavam. - Parceiro, teu carro tá cheio - e repetia varias vezes, até os outros começarem a gritar, O resultado o rapaz Tiago acabou demitido a bem do serviço da peãozada.

Pensão - um pouco frio - 25 graus. Achei esta caneta na gaveta da antiga maquina de Costura Singer que esta sobre a comoda. A principio pensei que estivesse seca. Testei e para minha grata surpresa esta boa. É uma robusta Göller, barra 6mm. - Contorço-me de inveja quando olhos aqueles pacotes de dinheiros que as pessoas estão devolvendo, do assalto ao Banco do Brasil em Pedreira. Eu não devolveria de jeito nenhum. Hoje não digitei nada, estava sem saco para tal- assisti dois filmes com o comediante Adam Sandler - o ultimo foi "Tratamento de choque" com o grande mestre Jack Nicholson - sou fã dele, desde "Um Estranho no Ninho" nos anos 70. Esteve divino em naquele trailler de suspense de Stephen King "O Iluminado" - mas para mim o melhor foi no papel de Coringa em Batman - Divino sua interpretação. Leio "O Coiote" do psiquiatra paulista Roberto Freire, que Janos emprestou-me domingo após a feijoada - uma coisa de louco -baseado nas teorias psico-eróticas de Willian Reich, discípulo de Freud. Exilou-se nos Estados Unidos e foi preso e condenado por fraude nos seus pseudos tratamentos.
Bocejo, um atrás do outro e uns rojões explodem em algum lugar na outra margem do rio Bacanga.

 
Autor
r.n.rodrigues
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.