https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Chegarei, um dia destes.

 
Vou chegar.
Um destes dias chegarei.
Sem que tu o saibas, vou te esperar
Mas nunca to pedirei.

Vou trazer os olhos cansados
Os dedos de uma mão dormentes
E os braços, de bagagens carregados.
Mais magro, que sem que o saibas sei que o sentes.

De cara e cabelos recém lavados
Talvez até roupas novas, recebidas como presentes
E trarei os sentidos, todos tão variados,
Em busca dos teus que tanto tempo foram ausentes.

Ali estarei predisposto e preparado
Ao ver-te, de saudade e razão já ausentes,
Morto de ansiedade, ainda que algo cansado,
Pra te mostrar o quanto me encantas, em pelo menos duas línguas diferentes.



"No quase incómodo de uma noite quente de insónia...lembrei-me de ti...surgiu um rasgo de inspiração que não podia cair em esquecimento.
Como não me quis arrepender...escrevi."

 
Autor
PLiff
Autor
 
Texto
Data
Leituras
203
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
4
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 05/01/2019 22:45  Atualizado: 05/01/2019 22:45
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: Chegarei, um dia destes.
Senti cada verso como uma promessa de um verdadeiro regresso. Muito bonito! Abraço.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 07/01/2019 16:05  Atualizado: 07/01/2019 16:05
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Chegarei, um dia destes. PLiff
Até que enfim!
Vejo que já chegou,
mas responder à avó
tempo não arranjou...
então, eu tirei-me
das minhas chinelinhas
e vim aqui espreitar
se tinha saudades minhas.
Prometo vou desculpar
parece que está magrinho
e se eu lhe der um tau-tau
faz-lhe doer o ossinho...

Abração Vólena