https://www.poetris.com/
Poemas -> Sociais : 

"Um poema de rima sobre sociedade"

 
Água com óleo não se mistura
É a persistência da memória
Folha em branco não deveria ter rasura
Não são só quinhentos anos de história

Não sei pra onde vou, mas sei de onde eu venho
Estar cheio de tudo é me encontrar no vazio
O Brasil que eu quero não é o Brasil que eu tenho
Mas com o coração gelado minha alma não passa frio

Cada olhar atravessado é uma senzala em potencial
São muitas marcas e toda cicatriz ainda te parece pouca
Não é ultrajante pensar que o negro ainda é um escravo social
Afinal, o racismo sempre late sem abrir a boca

O preconceito roteirizado como normal
E o medo em suma
Tanto tempo pra curar tanto mal
E não cura porra nenhuma

Não é vitimismo parvo é só liberdade de expressão
Não é oportunismo falho é só o fervor da minha opinião
Já calaram minha voz muitas vezes no meio da multidão
Hoje eu calo a ignorância deles no dobro da proporção




Jeferson

O título não é meu 😅😅
 
Autor
Jdcc1
Autor
 
Texto
Data
Leituras
106
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.