https://www.poetris.com/
Poemas : 

A vida: segundo as ilusões de um sonhador

 
A vida é e sempre vai ser
Um postulado prático
Na ilusão de um sonhador

É a razão que arfa
Num lento desvanecer
Cedendo lugar ao amor

É o simples complexo existencial
É a dúvida que cala
É o apego à eternidade

É a esperança de um bem maior
De um exército de salvação
É a solene busca pela irrealidade

Não me custa sonhar
Na verdade,
Não custa a ninguém

Mas de que me serve sonhar?
De que te serve sonhar?
Se o tempo há de nos acordar também


Jeferson

 
Autor
Jdcc1
Autor
 
Texto
Data
Leituras
76
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.