https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Regra do coração!

 
Open in new window



Nem deve ser a melhor forma
de começar as minhas conjugações
não quero seguir nenhuma norma
quero deixar-me em cada letra as raízes das emoções!

Eu levo cada letra da forma mais natural,
Como um rio corre, com a vida corre
como o pensamento corre nossas transmissões,
sem regras, sem pontos, sem virgulas!

Como é claro há pausas fundamentais;
Pontos finais. exclamações de ordem !
Não revelo todas as pontuações sentimentais
as vezes quero que pense em desordem!

Pois não sou um ponto final sou vários...
Isso é que me alegra e que sou vários pontos finais.
Pois não acabamos. Mesmo que o meu poema acabe,
E só reler eu não acabo em um ponto final

Quandoachuvacai/acor


https://acor13.blogspot.com/2019/02/regra-do-coracao.html?m=1









Eu sou só, mais uma sombra que anda por aí e quem projeta-me, inevitavelmente acompanha-me.

Íris Correia /Quandoachuvacai-A.C.O.R


blogger:https://acor13.blogspot.pt/




 
Autor
Quandoachuvacai
 
Texto
Data
Leituras
230
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 12/02/2019 15:32  Atualizado: 12/02/2019 15:32
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1928
 Eu não acabo em um ponto final...
Eu não acabo em um ponto final...