https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Quando eu for grande

 
Open in new window

Quando eu for grande,
Quero ser poeta,
Que viaja pelo mundo
Sem arredar os pés
Da sua oficina de palavras.
Quando eu for grande,
Quero voar com asas de poesia
E sobre rios e mares, derramar
Minhas lágrimas de tinta,
Que atravessarão oceanos
E continentes, pra levarem
A docilidade da minh’alma,
Às almas ancoradas doutro
Lado, onde a vida reclama
Um lugar ao sol-poente.
Quando eu for grande,
Quero ser o estuário, onde
Desaguam todas as rimas
Das serenatas cantadas
Em noites de bodas.
Quando eu for grande,
Quero ter todos os beijos do mundo,
Pra tos dar na hora dos risos,
Sob encantos da poesia,
Que extravasa mel nos corações.

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
298
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
1
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 25/03/2019 15:38  Atualizado: 25/03/2019 15:38
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6496
 Re: Quando eu for grande
E se na grandeza, meus desejos
Forem assombrados,
Culpo alguém,
Que aqui desconheço o nome