https://www.poetris.com/
Poemas : 

A NOITE

 
A NOITE
Cai a noite e quase tudo se cala.
Há ruídos tímidos e tilintar de copos
Há quartos em penumbra
Onde olhos solitários lamentam as horas
E esperam o dia...
São tristes alguns que passeiam no escuro.
Outros sabem que a eternidade começa à noite...
E esperam.
O sono sempre vem para os simples... (Proteus).

 
Autor
PROTEUS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
154
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.