https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

INVERNO ATUANTE

 
Tags:  poema  
 
INVERNO ATUANTE
 
INVERNO ATUANTE
(Jairo Nunes Bezerra)

Dia tristonho em que a negritude prevalece,
Enquanto aguas caem sobre o meu santuário..
Alucinante, pouco raio solar não me aquece,
E meu corpo gelado amplia o meu desvario!

Do tempo figuram as sucessivas mudanças,
Em que a minha região é castigada...
Fugindo do cataclismo amplio minha andança,
Sapateando por ruas molhadas!

Embora beneficiado com a ida da chuvarada,
Continuo com a minha roupa molhada,
Mas com a expoente satisfação presente!

E o sol negligenciando a sua luminosidade,
Absorveu a minha alegria com perceptibilidade
Alterando o meu olhar indolente!










 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
206
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.