https://www.poetris.com/
Sonetos : 

MELHOR FICARMOS AUSENTES.

 


Condutas individuais que nos regem em comunhão
Nem sempre nos satisfazem, mas perfazem a missão
Quando somos devotados a algo menos condizente
Melhor ficarmos ausentes nas devidas proporções.

A vida tem emboscadas das quais não se tem saída
Os caminhos desta vida precisam ser pavimentados
Usamos ruas e praças para um convívio cotidiano
Sendo sacros ou profanos nós seremos aparteados.

O homem é condicionado pelos medos e desenganos
Porque o saber humano ainda esta sendo forjado
Aos benévolos ou tiranos terão seus atos avaliados.

Se nas políticas de estado os fatos são permanentes
Quando o gestor é mal formado faz tudo incondizente
Mas estas pelejas todas condizem ao bicho gente.


Enviado por Miguel Jacó em 20/07/2019
Código do texto: T6700298
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
113
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 21/07/2019 21:00  Atualizado: 21/07/2019 21:00
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16065
 Re: MELHOR FICARMOS AUSENTES.
Miguel

Se nas políticas de estado os fatos são permanentes
Quando o gestor é mal formado faz tudo incondizente
Mas estas pelejas todas condizem ao bicho gente.


Belo soneto para reflexão!
Parabéns!
Beijos!
Janna