https://www.poetris.com/
Sonetos : 

BODAS D'ESTANHO

 
Tags:  SONETOS 2019  
 
BODAS D'ESTANHO

Não me peças que te ame aborrecido
Após obrigações d'um dia errante!
Tampouco me constranjas, delirante,
A mentir-te um ardor adormecido

Mais saiba eu te amar enternecido,
Antes com a leveza d'um amante,
Do que co'a sobriedade circunstante
Que costuma ostentar todo marido...

Celebremos o amor, não este estranho
Decênio por nós dois compartilhado
Como bodas estúpidas d'estanho!

Ao contrário, esqueçamos esta data
Amando-nos d'um jeito sossegado,
Sem votos ou qualquer fala sensata.

Betim - 09 09 2019


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
77
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.