https://www.poetris.com/
Poemas : 

Vestido de Arco-Iris

 

Há sentimentos demais neste poema desvairado.

No livro de verbos
a conjugação
do tempo
é insana.

No futuro do pretérito meus objetivos são diretos e indiretos.

Desejos
alcançam a tua boca.

Há poesia
na sombra das árvores.

Despeço-me
do corpo agora.
Despeço-me de tudo.
Ouço a tua alma no vento.
Voas com asas pesadas .
Não alcanças
o céu em mim.

Navego mares onde os peixes dançam dentro dos meus sapatos.

Navios
deixaram
resquícios
de ternura nas tuas águas.

Sou menino
vestido
de arco-íris.
Tenho saudade
de tuas flores
e auroras.

Adormeço sobre nuvens e folhagens.

Tenho asas
no infinito.
Completo-me na distância dos teus olhos.


Poemas em ondas deslisam nas águas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
64
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.