https://www.poetris.com/
Poemas : 

Poema de fechos

 
POEMA DE FECHOS
Sete letras tem palavra
quatro letras tem amor
palavras fazem lavras
o poeta seu lavrador
rebobinando o filme da vida
expectadores das nossas imagens
ficamos quase sem fala
perdidos, em perdidas miragens
sozinhos na…sala!...
querendo ser o que não és,
sabes que tu mesmo
que não passas duma ilusão!
quem quer luz, como candeeiro,
paga sempre a quem a faça!
a escuridão não!. é…..de graça!
o papel higiênico tem uso imediato, os livros tardam
das religiões precisamos de nos pormos a salvo
os cães ladram ou mordem, os homens hesitam
amor, acredita que conhecer-te, bem por dentro
demora um ror de tempo!
deixa-me entrar!
coisa banal é quando vemos boa miúda
e dizemos: “Ah! Que bom material!”
quer-se lá saber do espírito! esquisito!
Mais tarde, já casado, verificou que não casara,
apenas aparelhara
é na noite que o amor tem mais luz, mais vida
quando cresci, com palavras desfeitas
imperfeitas, tentei poemas tecer
mas só me saem remendos
Pai Natal, quando chegares fica
….x….
Figas de Saint Pierre de Lá-Buraque


Figas

 
Autor
Figas
Autor
 
Texto
Data
Leituras
40
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.