https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

CONTINUIDADE INVERNAL

 
Tags:  poema  
 
CONTINUIDADE INVERNAL
(Jairo Nunes Bezerra)

Pingos d´águas saltitam na minha rua.
E a chuva vai desaparecendo lentamente...
Retido na minha cama desejo-te nua,
E minha lasciva logo fica mais crescente!

O som da chuva imitam teus ais sucessivos,
E meus desejos mais oscilam no espaço...
De mim os momentos são exclusivos,
E meus olhos vagueiam nos teus regalos!

Desejo que o sol regresse neste momento,
E deixe de vigorar os teus lamentos,
Ante um frio que se apresenta tenso!

Desejo ainda que sobrevivam os meus afagos,
Reforçados pelos teus voluptuosos abraços,
Na sequência deste amanhecer intenso!





 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
73
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.