https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Saudades Onde Padeço !!!

 
Perdi a conta ao tempo que não te vejo!
Sigo errante ansiando a tua companhia.
Caminho sozinho quer de noite ou de dia,
Ébrio na lucidez das loucuras que ensejo.

Encontrei-me no sonho de um teu beijo!
Despido de preconceito me visto de alegria...
Acordo estremunhado deitado na cama vazia,
Agarrado à dor no peito com que me revejo...

E percorro sempre longínquos caminhos
Onde não te encontro e assim entristeço,
Vielas escuras onde me perco aos bocadinhos.

Caminho descalço no que sinto e me esqueço
Deitado nas memórias dos teus carinhos,
Me ergo aos poucos das saudades onde padeço !


Paulo Alves

 
Autor
PauloAlves
 
Texto
Data
Leituras
103
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.