https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Olhos verdes

 
Tags:  vida    mar    veneno  
 


Seus olhos são tão verdes
Mais que as ondas do mar
A sua boca tem veneno
Onde eu posso me matar

Suas juras são falsidades
Seu sorriso é enganador
E aos poucos a sua beldade
Está me matando de amor

O seu corpinho de menina
Os seus beijos me fascina
Sem você não sei viver

É a razão desta minha vida
E por esta estrada comprida
Vou lhe amar até morrer

jmd/Maringá, 28.10.08


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
1025
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.