https://www.poetris.com/
Poemas : 

Brio

 
 
Não hostilize, encontre o seu norte
Aprenda a fazer teste.
Acima da cabeça.
A voz é mais forte.
Felicidade para que se vive, tem por sorte
Esperança como sonho, não a corte.
A paciência como baluarte
[Da alma
Resistente
Fortalece e a defende.

Alegria de escrever
Sem interesse próprio a render
Luminoso
Mais generoso
Boas palavras
Menos tenebroso

Não conte com as boas ações feitas:
Basta fazê-las, sem quaisquer serrilhas.
Alguém dirá: "Tudo tem um limite"
Sem fim da alma, não imite
Quando se ama, é tudo bondade
Não há limite.

Carmo Cesário
 
Autor
Carmocesario
 
Texto
Data
Leituras
26
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Recentes
Aleatórios
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.