https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

É a hora do carteiro

 
Lá vem o carteiro,
A cadela ladrou!

Será que trás carta
Que diga coisa boa
Ou será que só passa
Para o outro lado da rua?

Lá vem o carteiro,
A motoreta chiou!

Será que pára cá,
Será que pára lá?
Se carta não ficar
Decerto algo há-de deixar.

Lá vai o carteiro...
Eu sei que sim!

A cadela ladrou,
A motoreta chiou,
A carta não ficou
E ele já passou.

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
2634
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 02/02/2007 17:48  Atualizado: 02/02/2007 17:48
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: É a hora do carteiro
Gostei desta escrita... se fosse uma carta de amor...era bom de receber... mas infelizmente quando pára o carteiro vem a conta da luz, da água, etc....
Beijos amigo
Tália