https://www.poetris.com/
Poemas -> Tristeza : 

Preso no tempo...

 


Os dias são cinzentos
Numa melodia melancólica
Onde os pensamentos
São uma imagem caótica.

Preso no tempo
Desejando a liberdade,
Preso no lamento
Da crua realidade.

Anjo negro abraça-me,
Acalma meu coração…
Anjo negro liberta-me,
Desta eterna escuridão…



José Coimbra

 
Autor
Legan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
131
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
2
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 12/05/2020 12:23  Atualizado: 12/05/2020 12:23
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3132
 Re: Preso no tempo...



Somos cercados pela escuridão
por todos os lados
desejando a liberdade que tanto gostamos
enquanto esperamos pelos anjos

Temos que pensar positivo


um abraço poeta (Legan) José

Enviado por Tópico
AntónioFonseca
Publicado: 30/05/2020 23:54  Atualizado: 30/05/2020 23:54
Colaborador
Usuário desde: 31/05/2013
Localidade:
Mensagens: 986
 Re: Preso no tempo...
Poema triste e com o sentimento de dor.
Por vezes perguntamo-nos o que é a luz e a escuridão. Por vezes vivemos na escuridão e o destino faz com que uma luz nos alcance. Mas essa luz não consegue que a escuridão continue a prevalecer por mais voltas que damos continua tudo na mesma nada se altera, mas há que ter positividade para fugir dessas agruras, confiando no anjo negro, porque ter liberdade é uma riqueza imensa.
Cumprimentos poeta José Coimbra.

António Fonseca