https://www.poetris.com/
Poemas : 

E lá vou eu

 
Tags:  felicidade    momento    eternidade    infinito  
 
#E #LÁ #VOU #EU

Ouvi, por vezes, em meio ao azul infinito...
Que as coisas profundas devem ser ditas em poucas palavras...
E com o coração sentido...

Sinto o dia todo aqui e ali...
Todo esse sentimento...
E escrevo meus poemas...
Para dizer que estou aqui...

Posto que nunca estou só...
Nem mesmo quando me abraça o silêncio...
Tudo é na eternidade um pequeno momento...

Sou verso de começos...
Sem princípio, sem fim, sem medida...
Escrevo o que sinto...
Coisas simples, da vida...

Porém, nunca a verdade me deixou...
Simplesmente fantasiar...
Bordando minhas letras...
Sempre posso mais sonhar...

Esse instante existe...
E minha vida por si mesmo se completa...
Não sou alegre...
Não sou triste...
Sou um solitário poeta...

Não tenho vergonha de dizer que estou triste...
Não tenho vergonha de dizer que estou alegre...
Apenas sinto dentro de mim...
E sigo fazendo assim...

Me deixo perder...
Para me procurar...
Pois é me perdendo...
Que sei que vou me encontrar...

E quando necessário...
Enlouqueço como for...
É o meu jeito...
Assim eu sou...

Dizem que os sonhos estão fora de moda...
Cavaram um buraco bem fundo e entraram...
Mas lá vou eu...
Nunca vou deixar de sonhar...
Nunca vou deixar de amar...

Se no meu amanhã o que eu sonhei...
Não acontecer...
Tiro um arco-íris da cartola...
Sem nada temer...

E nisso, sim, acredito...
Maior que todos os ventos contrários...
Diante das dificuldades...
Saberei sempre encontrar...
Minha felicidade...

Sandro Paschoal Nogueira

http://conservatoriapoeta.blogspot.com

 
Autor
Conservatória
 
Texto
Data
Leituras
62
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
TrabisDeMentia
Publicado: 31/05/2020 17:30  Atualizado: 31/05/2020 17:30
Webmaster
Usuário desde: 25/01/2006
Localidade: Bombarral
Mensagens: 2370
 Re: E lá vou eu
Isso é preciso. Fazer por ser feliz. Tem dias que invejo os ingénuos.