https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Alegria ou Loucura

 
Alegria ou Loucura

Ora! Eu queria ouvir as estrelas...
Saber o que elas querem dizer,
Devem ter tantas coisas para falar...
Pois não param de piscar,
pular e cantarolar!
Se meus ouvidos fossem finos,
sensíveis o bastante,
confidências indecentes--
com elas compartilharia,
uma alegria!
Amizade confidente...
Uma linda e bela
estrela cadente--
fugiria conseqüente!
Eu, aqui na terra,
Impotente!
Seria preso, internado,
tachado de maluco,
doido, pirado,
por ficar parado,
no meio da rua,
falando o que não deve,
sem ter ninguém ao lado!

-- Ludiro


Deus encanta-se quando os pássaros poetas tocam o céu com suas asas!

Cordiais e poéticos abraços!
^^Ludiro^^

 
Autor
Ludiro
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1542
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 04/02/2007 19:31  Atualizado: 04/02/2007 19:31
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14938
 Re: Alegria ou Loucura p/ Ludiro
Olá poeta, pode ser alegria em poder vislumbrar a graniosidade das estrelas no firmamento e pode ser loucura falar abertamente no meio da rua que gostaria de escutar os murmúrios das estrelas, agora se estiveres ao lado de quem ama aí tudo fala até mesmo os pensamentos falam sem que queiramos!!! Adorei!!!
Beijinhos na alma

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 04/02/2007 23:11  Atualizado: 04/02/2007 23:11
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Alegria ou Loucura
Podes não conseguir ouvir as estrelas... mas sabes interpretá-las com os olhos ...e muito melhor descreve-las com as mãos...

está lindo poeta
beijo
Tália

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 05/02/2007 12:07  Atualizado: 05/02/2007 12:07
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Alegria ou Loucura
Não ouves as estrelas, mas tu és uma estrela!

Beijinhos