https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 »
Offline
Ludiro
Poesia vivida
Poesia vivida Meus dedos entisicaram O lápis escondeu-se, A caneta sumiu, e O papel encolheu! A ...
Enviado por Ludiro
em 28/05/2011 07:46:36
Offline
Ludiro
Meus pés
Na sublime caminhada a carcomer meus pés já calejados, com poeiras expandidas pela dor de um pas...
Enviado por Ludiro
em 03/07/2008 23:04:18
Offline
Ludiro
Alucinação
Alucinação O timbre apertado suspiro sufocado Som destorcido ao vento esquecido A memória é bran...
Enviado por Ludiro
em 28/02/2007 01:40:13
Offline
Ludiro
Alegria ou Loucura
Alegria ou Loucura Ora! Eu queria ouvir as estrelas... Saber o que elas querem dizer, Devem ter ...
Enviado por Ludiro
em 03/02/2007 23:33:16
Offline
Ludiro
Sal
Sal Largo agora os meus braços cansados! Fecho meus olhos úmidos, Lacrimejados... De nada valem ...
Enviado por Ludiro
em 26/01/2007 12:40:00
Offline
Ludiro
A entrega
A entraga Que os ventos te levem leve feito folhas das mais belas quantos os platanos e te entre...
Enviado por Ludiro
em 24/01/2007 19:40:23
Offline
Ludiro
Calafrios
Calafrios A alma sustenta o que o corpo não agüenta Corre nas veias O calafrio O sangue contamin...
Enviado por Ludiro
em 17/01/2007 15:05:01
Offline
Ludiro
Senhora
Senhora A doce senhora Do vestido azul Chinelo cor de rosa No rosto um sorriso Com jeito encanta...
Enviado por Ludiro
em 16/01/2007 13:46:15
Offline
Ludiro
Transporte
Transporte Lata Plena de água Carregada sobre a cabeça Pintada por cabelos brancos, Onde a água ...
Enviado por Ludiro
em 15/01/2007 19:14:03
Offline
Ludiro
Absinto
Absinto Bebo do teu nectar, entrego-me em teus lábios! Morro neste (Ab)sinto que degusto em tua ...
Enviado por Ludiro
em 12/01/2007 14:10:07
Offline
Ludiro
Antenas
Antenas Há tantas antenas Neste mundo antenado Transmitem audio imagens, vídeos e muitos dados. ...
Enviado por Ludiro
em 11/01/2007 12:44:02
Offline
Ludiro
Em companhia
No ponto...em ponto, sem atraso, nem muita antecipação! Com passos apertados, chegando, Outros, ...
Enviado por Ludiro
em 11/01/2007 12:17:09
Offline
Ludiro
Um trago
Trago-te em meus braços, dou um trago doce nos teus lábios carnais, te levanto em suspiros, estra...
Enviado por Ludiro
em 10/01/2007 12:53:25
Offline
Ludiro
Epitáfio
Por amor à amada, deixo as boas lembranças e este amor, enfim, dividido. Por amor à terra, entreg...
Enviado por Ludiro
em 06/01/2007 19:30:00
Offline
Ludiro
Antiquário
Navegante de um ponteiro velho Meus olhos circundam os segundos do antiquado relógio de parede à ...
Enviado por Ludiro
em 06/01/2007 19:30:00
Offline
Ludiro
Cowboy das Letras
Minha mão, Montada no dorso De uma caneta, Galopando no vale Vasto de um caderno Feito um Cowboy ...
Enviado por Ludiro
em 06/01/2007 19:29:49
Offline
Ludiro
Feliz Natal e Próspero Ano Novo!!
"As sementes da vida precisam ser semeadas com paz e amor, e assim, poder gerar o alimento...
Enviado por Ludiro
em 24/12/2006 01:58:40
Offline
Ludiro
Sonhos
Transbordam Afogam-me Em lágrimas Que traçam Meu rosto Formando desenhos Desconexos Sem sentido M...
Enviado por Ludiro
em 22/12/2006 03:05:21
Offline
Ludiro
Andarilho
Sou homem de pouco espaço Tenho como companheira a vida Abaixo do sol, chuva e tormentas Sinto...
Enviado por Ludiro
em 20/12/2006 11:26:42
Offline
Ludiro
Pensamento ludiriano
Nenhum homem é tão completo que não tenha uma meta, algo a desejar. Até mesmo aqueles que não acr...
Enviado por Ludiro
em 19/12/2006 15:34:05
(1) 2 3 »