https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Versos Falhos

 
Open in new window
Versos Falhos

Nada do que te digo é verdade
Porque nunca é aquilo que penso
Olho-te nos olhos e afugento
Uma lagrima que me rola aprisionada
Na mentira deste mesmo sentimento

Eu morro um pouco a cada instante
Pois a vida é uma faca afiada
Que corta pedaços pequenos de nada
E a cada dia sou um novo mal-amado
Que se embebeda tomando limonada

Todo o embuste é sempre uma maldade
Isto eu sei! Porque eu sei, sou réu confesso
Oh meu Deus! É por isto que te eu peço
Que perdoe o desastre deste individuo
Que faz desta vida este processo

Todo este sofrimento em versos falhos
Nas mentiras que me imponho por orgulho
É o abismo vertiginoso em que mergulho
Que absorve a m'lagrima aprisionada
E no qual m'alma afunda como entulho

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
112
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.