https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Opressão

 
Tags:  razão    casa    trabalho    adrenalina  
 
Open in new window
Opressão

Eu me encontro em casa solitário
Sem saber o que poderá ocorrer
Quando vai acabar esse calvário
E ao povo o que pode acontecer

Será que vai haver compensação
Ou tudo pode piorar mais ainda
Alguns reclamam sem ter razão
E outros ficarão fora da berlinda

Ao certo impostos vão aumentar
Pois muitos não poderão trabalhar
Porque menos empregos existirão

Tomara que logo saia uma vacina
Para baixar toda essa adrenalina
E tenha fim essa longa opressão.

jmd/Maringá, 06.08.20


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
41
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.