https://www.poetris.com/
Sonetos : 

VERDADE

 
Calada vaidade na tempestade que palpita
Vontades e verdades no desassossego paulista
Corria a perder de vista entre os diversos versos pés descalços
Vangloria a partida de barcos desconectos laços

Verdes musgos transpassados no galope do atado
Voe junto prefira o amor selado ao enferrujado
Cavalgue nas ruas, riachos despertos descarrilados
Montanhas, ventos, tempestades e desejos driblados

Vida rotineira linha de esperança na tristeza
Infortúnios nas descobertas sedentas imolastes
Regurgita acender do fogo azul da clareira

Luar entre relvas silvestres, calado implorastes
Movimenta do corpo a imensidão que perdestes
Sinceridade nas conquistas da liça companheira




Diana Balis

 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
43
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 14/09/2020 14:56  Atualizado: 14/09/2020 14:56
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3217
 Re: VERDADE



Vaidade poética entre montanhas
ventos, tempestades de uma verdade


Beijos poetisa DianaBalis