https://www.poetris.com/
Rondel : 

QUEM ME VER.

 


Quem me ver tem a impressão de que estou sendo sevado,
Pela proteção Divina asfaltando a minha estrada,
Mas de fato eu me sinto já um tanto desgastado,
É como fosse um sorvete bastante descongelado.

Nem de longe eu me sinto um idoso bem conservado,
Os meus incômodos são tantos que pareço destroçado,
Quem me ver tem a impressão de que estou sendo sevado,
Pela proteção Divina asfaltando a minha estrada.

Minha vida é uma sequência de batalhas enfrentadas,
Todas elas sem rompantes mas com trabalhos suados,
Não houve momento algum de molezas consagradas,
As conquistas que eu logrei foram todas esmeradas,
Quem me ver tem a impressão de que estou sendo sevado.

Meu canal You tube
https://youtu.be/oMlukCoFqhw


Enviado por Miguel Jacó em 26/12/2020
Código do texto: T7144637
Classificação de conteúdo: seguro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
119
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HELDER-DUARTE
Publicado: 27/12/2020 14:43  Atualizado: 27/12/2020 14:43
Colaborador
Usuário desde: 24/11/2006
Localidade: Albufeira
Mensagens: 629
 Re: QUEM ME VER.
Todos somos reduzidos a nada, mas Deus nos reconstroi!

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 27/12/2020 20:18  Atualizado: 27/12/2020 20:18
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 4551
 Re: QUEM ME VER.


Bendito seja Deus que nos faz caminhar
mesmo quando desanimamos e estamos sem forças

um abraço poeta Migueljacó