https://www.poetris.com/
Sonetos : 

SETENTA VEZES SETE VEZES

 
Tags:  SONETOS 2020  
 
SETENTA VEZES SETE VEZES

Quantas vezes perdoei quem me feriu?
Tantas quantas houvesse a lhe perdoar...
Aquele que não erra não ouse amar
Nem sinta muito quem nada sentiu.

Peço desculpas pelo que se viu
Em nossas vidas sem comum lugar.
Hoje, distante, sei até faltar
Espelho que me mostre menos vil.

Perdi meu grande amor. Eu perdi tudo...
Eu, de tão agoniado, calo mudo
Tristezas que m'ecoam nas entranhas.

Deus queira ao perdoar ser perdoado
Para eu poder amar quem tenho amado
E deixar estas noites sós e estranhas.

Sobrália - 30 12 2020


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
66
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HELDER-DUARTE
Publicado: 04/01/2021 22:58  Atualizado: 04/01/2021 22:58
Colaborador
Usuário desde: 24/11/2006
Localidade: Albufeira
Mensagens: 618
 Re: SETENTA VEZES SETE VEZES
Perdoar sempre! Claro que sim! Um abraço!