https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AMOR

 
Abro um pouco o A,
beijo com vontade o M,
contorno bem o O,
e faço cócegas ao R...

assim mostro o que sinto!

Se te soletrar, direi:

A de Amor,
M de Muito amor,
O de Obviamente amor
R de Repito amor.

Se te desenhar será com:

um redondo Arco
feito à Mão livre
na mais linda Obra
que me sai sem Rascunho.

E pronto...
sais sempre tu,
sai sempre AMOR!

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
643
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 07/02/2007 14:41  Atualizado: 07/02/2007 14:41
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: AMOR p/ Valdevinoxis
'"Valdevinoxis o poeta que escreve com diferenciação!!!"
E posso te dizer que este poema por pequeno que seja é um encanto por falar de AMOR!!!! Um amor de amor!!
Beijinhos poeta

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/02/2007 00:19  Atualizado: 09/02/2007 00:19
 Re: AMOR
Brilhante a articulação entre as letras da palavra amor.
Parabéns.
Mais um momento feliz para quem o texto escreveu e de muito prazer para quem o leu...EU.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/02/2007 03:32  Atualizado: 11/02/2007 03:32
 Re: AMOR p/ Valdevinoxis
Poesia, que mescla, o humor, e a poesia concreta, movimento de poesia gráfica que houvera no Brasil na década de 50 em diante. Gostei da disposição dos versos.
Saudações e parabéns pelo texto, godi.

Enviado por Tópico
Bruno Sousa Villar
Publicado: 13/09/2007 18:49  Atualizado: 13/09/2007 18:49
Super Participativo
Usuário desde: 09/03/2007
Localidade:
Mensagens: 122
 Re: AMOR
P de plácido
O de óptimo
E de escritor
T de tremendo
A de amor

Gosto muito do que escreve,é um excelso artesão da palavra.

Um abraço de um reles aprendiz. :)