https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Aprendiz

 
Pego o trem que me leva para o norte,
E este norte é pra onde está o nariz.
Não só ouço o que a própria boca diz,
Só assim que eu controlo a minha sorte.

Cada dor do passado é cicatriz,
Mas também pro futuro um passaporte.
Desta vida o meu destino é a morte -
Mas há tempo pra tentar ser mais feliz.

Não me prendo aos problemas do passado,
Mas me lembro de tudo o que não fiz,
E, oxalá, das lições que aprendi.

Desse ofício eu jamais fico cansado,
Pois renova este anseio - aprendiz -
De entender que é tão pouco o que entendi.

#byLupo

02/12/2009, Revisada 26/09/2013 e em 02/04/2021
 
Autor
LupoForati
 
Texto
Data
Leituras
63
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 22/04/2021 00:26  Atualizado: 22/04/2021 00:26
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15560
 Re: Aprendiz
A vida é um eterno aprendizado! Um forte abraço, amigo!