https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Meu amor

 
Meu amor,
Venho escrever-te esta carta,
Pequenina como eu,…
Mas de enorme coração,
Já sem espaço para sofrer.
Amanhã é madrugada
Basta-me olhar os teus olhos,
Para o dia amanhecer.
Mas deixas os ficar fechados, que eu sinto o entardecer
Mesmo de olhos fechados
Sem te poder aqui ter.

Se vieres traz a saudade,
A liberdade e o teu ser,
Deixa-me na sepultura o cravo

Que eu pela pátria vou morrer.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
288
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/04/2021 23:16  Atualizado: 24/04/2021 23:17
 Re: Meu amor
antes demais, eu gostei do poema. é claro, por exemplo, a maioria dos cubanos também gostam de passar fome e matar... coitado do che. passaram a ideia de que foi a cia que; ok... mas o fidel é que foi o cão. já morreu ainda bem. filho da puta... que deus o tenha. os irmãos castro são todos iguais, parecem o mário soares! um atraso de vida. acredita que hoje pela sua casmurrice passam fome? é verdade. ok. este mundo é muito complicado. mas eu continuo a gostar... she she tem... "... um odor sedimentar, um choro e um cantar...